Julio César fez história na Seleção Brasileira e em todos os clubes pelos quais passou. Conquistou vários dos títulos mais importantes do planeta e sempre foi muito respeitado e querido por todos. Veja mais sobre a carreira do jogador:

Júlio César goleiro

Início da carreira

Júlio César Soares de Espíndola nasceu no dia 3 de setembro de 1979, em Duque de Caxias, no Rio de Janeiro. Aos 9 anos, começou a jogar futsal e aos 12 anos já integrava as categorias de base do Flamengo.

Com apenas 17 anos, já subiu para o profissional do Mengão. Estreou em 1997, logo em um clássico contra o Fluminense. Em seu primeiro jogo, já defendeu um pênalti, ganhou confiança e caiu nas graças da nação rubro-negra.

Por três anos, foi o reserva imediato do goleiro Clemer, mas em 2000 assumiu a titularidade. Com as impressionantes defesas em um time com mau desempenho, ajudou a salvar o Flamengo do rebaixamento em 2001, 2002 e 2004.

Em 2005, o goleiro deixou o Flamengo após 284 partidas oficiais e rumou para Europa, com destino em Milão, para jogar na Internazionale.

Internazionale de Milão

Seu começo na Europa foi decepcionante. Logo ao chegar, foi emprestado para um time de menor expressão, o Chievo Verona. Mesmo assim, não recebeu nenhuma chance para jogar. Mas, quando voltou para a Inter, desbancou o goleiro Toldo, que era o ídolo e titular, e se consolidou como o dono da posição.

Seu auge foi em 2009/2010, quando a Inter ganhou tudo: a Champions League, a Copa da Itália e o Campeonato Italiano. Nesta temporada, ele foi eleito o melhor goleiro em atividade na Europa.

Ao todo, ele fez 300 jogos pela Inter de Milão, e em 128 deles permaneceu sem levar gols.

Queens Park Rangers, Toronto FC e Benfica

Em agosto de 2012, quando já tinha 32 anos, Júlio César aceitou o desafio de jogar pelo Queens Park Rangers, da Inglaterra. Àquela altura, a equipe disputava a Premier League. Rapidamente, ele se tornou o goleiro titular da equipe.

No entanto, o QPR acabou sendo rebaixado e Júlio César perdeu a titularidade, ficando nove meses de fora até mesmo do banco de reservas. Por isso, ele saiu do time e rumou para o Toronto FC.

Em fevereiro de 2014, foi apresentado no Toronto FC, que disputa a MLS. Mas, menos de seis meses depois, saiu do time. Em agosto de 2014, após se destacar na Copa do Mundo desastrosa do Brasil, foi contratado pelo Benfica.

Júlio César foi por muito tempo titular na equipe portuguesa. Mas, sofreu uma lesão em 2016 e acabou perdendo espaço. Em 2017, ele decidiu rescindir o contrato e voltar ao Flamengo para encerrar a carreira.

Aposentadoria no Flamengo

Júlio César chegou ao Flamengo em janeiro de 2018 com um contrato de apenas três meses, com valores simbólicos, somente para encerrar a carreira.

Mais de 52 mil pessoas foram ao Maracanã se despedir do goleiro, em partida contra o América Mineiro no Brasileirão. Sua última atuação foi impressionante, com muitas defesas difíceis realizadas.

Hoje em dia, Júlio César é comentarista de futebol.

Julio Cesar Brasil

Seleção Brasileira

Júlio César é o quinto goleiro que mais jogou pela Seleção Brasileira. Ele disputou três Copas do Mundo.

Sua carreira pela amarelinha começou já no Sub-17, em que foi titular absoluto. Em 2002, foi convocado para o time principal pela primeira vez, mas acabou ficando de fora da Copa.

Sua estreia como titular foi em 2004, na Copa América vencida pelo Brasil. Em 2006, disputou sua primeira Copa, mas foi reserva de Dida. A partir de 2007, Júlio César se tornou o titular incontestável no gol brasileiro. Com isso, disputou também as Copas de 2010 e 2014. Ao todo, ele fez 87 jogos representando o Brasil.

Títulos da carreira

Júlio César é um dos jogadores com o maior número de títulos do século. Em 2016, foi eleito por um jornal inglês como o jogador mais vitorioso em atividade.

Além das conquistas coletivas, Júlio ainda venceu vários prêmios individuais:

  • Melhor goleiro em atividade na Europa – 2009/2010
  • Melhor goleiro em atividade na Itália – 2009 e 2010
  • 2° melhor goleiro do mundo pela FIFA – 2010
  • Melhor goleiro da Copa das Confederações de 2013
  • Melhor goleiro do Campeonato Português em 2014/2015
  • 9° melhor goleiro do século, de acordo com a revista FourFourTwo

Veja a lista de títulos:

  • Flamengo: Copa Mercosul (1999), Copa dos Campeões (2001), Campeonato Carioca (1999, 2000, 2001 e 2004), Taça Rio (2000) e Taça Guanabara (2001, 2004 e 2018)
  • Internazionale: Copa Itália (2006, 2010 e 2011), Campeonato Italiano (2006, 2007, 2008, 2009 e 2010), Supercopa da Itália (2005, 2006, 2008 e 2010), Champions League (2010), Copa do Mundo de Clubes da FIFA (2010)
  • Benfica: Taça da Liga (2015 e 2016), Campeonato Português (2015, 2016 e 2017), Taça de Portugal (2017), Supertaça Cândido de Oliveira (2016 e 2017)

Brasil: Copa América (2004) e Copa das Confederações (2009 e 2013)

A possibilidade de apostar em uma bolsa esportiva

Um dos aspectos mais interessantes sobre o Clube da Aposta está na apresentação de uma nova forma de apostar. No período mais recente surgiu a bolsa esportiva, uma plataforma ou você pode investir seu dinheiro em tempo real dos eventos esportivos e, a grande vantagem, não precisa esperar o resultado final para ter um investimento lucrativo.